Menu
Mauricio Queiroz
EN | PT

Assine nossa newsletter e receba novidades

A LOJA QUE SEGUE O CLIENTE

Em um mundo em constante transformação, o varejo se adapta. Surgem novos negócios e novos formatos

+
A SUPER EXPERIÊNCIA DA GASTRONOMIA

O conceito de bares e restaurantes está totalmente atrelado à experiência do consumidor

+
10 LOJAS ESPETACULARES DA APPLE PELO MUNDO

As lojas da Apple são conhecidas por seu design inovador. Vidro, metal e madeira são os materiais de base

+
A GERAÇÃO DE LOJAS QUE NÃO QUER VENDER

A loja física passa por uma revolução. Com o crescimento do e-commerce, o varejo foca em experiência e precisa fazer mais do que vender

+
A SURPREENDENTE LOJA DA SONOS, EM NY

No modelo de showroom, tem sete casulos que simulam diferentes ambientes e variados estilos de vida

+
O QUE É DESIGN DE CONSUMO?

O Design de Consumo entende a história, o DNA da marca, conhece o público-alvo e como ele gostaria de se relacionar com essa marca

+
01/ago/2018 7 hospitais que usam design e natureza para ajudar na cura de pacientes Post por: Administrador

Você pode até não se dar conta, mas redesenhar o espaço físico de um local é capaz de transformar toda a experiência que temos nele. Então imagine se esse local for um hospital! Mudar o layout de um posto de enfermagem ou ajustar os níveis de ruído em uma sala de medicação podem reduzir os erros; redesenhar os sistemas de ventilação pode reduzir a propagação de infecções. E isso são só exemplos, dos muitos que estão sendo feitos mundo afora.

O site Fast CoExist listou sete projetos de design de centros médicos que venceram o American Institute of Architects (AIA) National Healthcare Design Awards, mostrando algumas das soluções que arquitetos e designers estão encontrando para ajustar o ambiente físico e levar mais segurança – e saúde – para os pacientes.

“Há muito mais consciência hoje de como ambientes saudáveis ajudam os pacientes a se curar”, diz Joan Suchomel, líder da AIA para a Saúde. “Isto é, por sua vez, relacionado a estudos de design baseadas em evidências que realmente provam que não é apenas intuitivo isso, são dados realmente comprovados em muitos casos.”

Veja esses sete exemplos de como o design e e arquitetura podem melhorar a vida dos pacientes:

1Kaiser Permanente, Kraemer Radiation Oncology Center; Anaheim, CA

Geralmente os pacientes em tratamento de câncer são submetidos a tratamentos cinco dias por semana, por até oito semanas, o que é um período por si só já bastante desgastante.

Este novo centro é projetado para ajudar a tornar o processo o mais relaxante possível por conta destas circunstâncias. Dentro das salas de tratamento existem enormes janelas para um jardim zen, com paredes cobertas de plantas, inspiradas pela evidência de que vislumbrar a natureza melhora o dia de qualquer pessoa.

2. Planned Parenthood do Queens: Centro de Saúde Diane L. Max; Queens, New York

Moderno e luminoso, o prédio se destaca do resto de arenito – e isso é uma coisa boa. Os designers queriam que fosse percebido como uma nova e importante parte da comunidade. Eles também quiseram oferecer uma outra experiência para quem visita o ambiente hospitalar. No interior foram projetados elegantes corredores, repleto de cores, que tornam o espaço mais agradável para quem por lá fica.

3. The Christ Hospital Joint e Spine Center; Cincinnati

Neste hospital, os quartos dos pacientes têm vista exterior e paredes de vidro que permitem luz natural nos corredores. À noite, as paredes de vidro estão cobertas de cortinas blackout. Jardins suspensos fornecem um ambiente tranquilo para que os pacientes e visitantes descansem rodeados por plantas.

4. Memorial Sloan Kettering (MSK) Centro Ambulatório Regional de Câncer; West Harrison, Nova Iorque

Arquitetos transformaram um edifício de escritórios de 1950 em um espaço cheio de luz e paz para pacientes e funcionários. Os interiores foram projetados para parecer o mínimo possível com um hospital. Equipamentos médicos ficam escondidos da vista dos pacientes.

Wearables (equipamentos vestíveis) acompanham os movimentos dos pacientes para ajudar o pessoal do centro a operar de forma eficiente. Os quartos têm vista para o exterior e linhas de visão claras para as estações dos enfermeiros.

 

5. Centro de Câncer da Universidade do Arizona (UACC) e Dignity Health St. Joseph’s Hospital and Medical Center; Phoenix (Arizona)

Este centro de câncer é cercado por painéis de cobre que visam manter o edifício fresco e dar aos pacientes um sentido de proteção e privacidade. O interior de madeira e pedra, com um “jardim de cura” no meio, se destina a se sentir mais em um hotel ou spa do que em um hospital.

O layout cuidadoso do edifício permite que os pacientes e funcionários tenham de passar o mínimo tempo possível indo de um lugar para outro.

6. Centro Médico da Universidade de Nova Orleans; Nova Orleans

Após o Katrina, o Centro Médico Memorial em Nova Orleans foi cercado por água da enchente, perdeu eletricidade e alguns pacientes não resistiram e morreram. Perto dali, o Charity Hospital conseguiu evacuar os pacientes, mas o próprio hospital também foi destruído.

Este novo hospital, um substituto para o Charity, foi criado para sobreviver a catástrofes naturais. O projeto permite que o hospital funcione por até uma semana depois de um grande furacão praticamente sem suprimentos externos e as rampas das ambulâncias podem ser acessadas por botes. No interior, o espaço calmo oferece aos pacientes salas privadas, luz natural e vistas externas.

7. Hospital Infantil de Seattle, Clínica do Sul; Seattle

O edifício inclui atendimento de emergência, ambulatorial, fisioterapia e clínicas especializadas, tudo em um espaço muito luminoso. A nova parede de vidro traz luz natural; fora, o telhado que capta água da chuva rega um jardim tropical.

 

Fonte: Hypeness. 


Assine nossa newsletter e receba novidades