Menu
Mauricio Queiroz
EN | PT

Assine nossa newsletter e receba novidades

A LOJA QUE SEGUE O CLIENTE

Em um mundo em constante transformação, o varejo se adapta. Surgem novos negócios e novos formatos

+
A SUPER EXPERIÊNCIA DA GASTRONOMIA

O conceito de bares e restaurantes está totalmente atrelado à experiência do consumidor

+
10 LOJAS ESPETACULARES DA APPLE PELO MUNDO

As lojas da Apple são conhecidas por seu design inovador. Vidro, metal e madeira são os materiais de base

+
A GERAÇÃO DE LOJAS QUE NÃO QUER VENDER

A loja física passa por uma revolução. Com o crescimento do e-commerce, o varejo foca em experiência e precisa fazer mais do que vender

+
A SURPREENDENTE LOJA DA SONOS, EM NY

No modelo de showroom, tem sete casulos que simulam diferentes ambientes e variados estilos de vida

+
O QUE É DESIGN DE CONSUMO?

O Design de Consumo entende a história, o DNA da marca, conhece o público-alvo e como ele gostaria de se relacionar com essa marca

+
21/nov/2018 Novo McDonald’s é incrivelmente parecido com Apple Store Post por: Administrador

Sabemos que a revolução provocada pela Apple e seu produtos não foi somente tecnológica, mas ao que tudo indica tais mudanças vão além do que esperávamos – como pode ser reparado na estética das novas lojas do McDonald’s abertas nos EUA. Toda feita em aço e vidro, em visual minimalista, com quiosques de autoatendimento, serviço de mesa e pedidos feitos por smartphones, as novas filiais da lanchonete mais famosa do mundo mais parece uma Apple Store.

A inauguração da mais nova loja em Chicago, nos EUA, trazendo essa nova estética para a marca, é parte do projeto “Experiência do Futuro”, projetados para “melhorar drasticamente a experiência do cliente com mais conveniência, personalização e escolha”, diz um comunicado do McDonald’s. E o projeto não se aplicará somente às novas lojas, mas visa renovar até 2020 a maioria dos mais de 5 mil restaurantes da empresa no país.

O investimento total será de 6 bilhões de dólares, mas não se trata somente de modernizar e melhorar o atendimento: estima-se que a empresa pode recuperar 2,7 bilhões somente com as reformas. Além da mudança estética, o novo design utiliza elementos sustentáveis, como árvores, vegetação no teto e jardins, painéis de energia solar, luzes de LED e equipamentos em geral que economizam energia.

O projeto arquitetônico foi realizado pelo escritório Ross Barney Architects, e o interior foi projetado pela empresa australiana Landini Associates.

Confira as imagens:

Fonte: Hypeness.


Assine nossa newsletter e receba novidades